Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

WHERE IS MY MIND

WHERE IS MY MIND

Gucci vibes - Outfit

Julho 29, 2018

w-m-mind

gucci5.jpg

Quem nunca sonhou em ter uma peça de roupa a preços que as nossas carteiras não suportam? Pois isso acontecia-me com as peças da Gucci, não pelo modelo em si, mas pelas cores clássicas que eles usam, por aquela estampa em que as cores base são o preto, o vermelho e o verde. Sempre achei que era uma conjugação perfeita, mas não perfeita para a minha carteira.

Um dia de trabalho normal, lá fui eu dar uma volta e ver montras, passei pela loja da feira dos tecidos, e na montra uma grande publicidade a dizer promoções, tecidos desde um euro. Tocaram-me no meu ponto fraco, lembrei-me logo do quanto a minha máquina de costura ia ser feliz comigo durante umas horas, a inventar.

Numa daquelas bancas de retalhos lá estava o tecido que só poderia ser apelidado de Gucci vibes, o preto, o vermelho e o verde, as riscas, um retalho que daria para fazer mais que uma peça de roupa por apenas 3.95€, e tal como era de esperar veio comigo para casa no meio de outros mais.

Tenho quase a certeza que o tecido dentro do saco vinha a dizer aos outros que ele era o meu preferido de todos.

gucci2.jpg

gucci3.jpg

gucci4.jpg

Demorei a pegar neles, pois queria fazer algo que me desse para diversos outfits, em que desse para conjugar com outro tipo de peças de roupa. Primeiramente pensei em fazer um macacão (e com a ajuda em termos de moldes por parte de uma colega de trabalho, pois estava a fazer-me confusão os encaixes), mas depois de estar tudo alinhavado, lembrei-me que era muito mais interessante fazer uns calções e um top, sendo que poderia conjugar as duas peças e parecer um macacão, bem como usar as peças em separado. Acho que foi a melhor opção que tive. 

Digam-me nos comentários o que acharam da aqusição deste tecido e das peças que fiz, e ainda qual a vossa marca de eleição, mas que não é suportável para as vossas carteiras. 

 

gucci5.jpg

gucci6.jpg

gucci7.jpg

 

Um beijinho e até ao próximo post my minds 

Viagens pela estrada - Viana do Castelo

Julho 24, 2018

w-m-mind

35065619_1860925817303356_641435197945937920_n.jpg

 

Viana é amor. Quem nunca ouviu esta frase? Quem nunca viu o coração de Viana do Castelo que tanto simboliza essa frase.

Para quem segue o Instagram do blog (quem não segue toca a seguir), sabe que fui passar um fim-de-semana a Viana do Castelo com o Baby (R), eu já conhecia esta linda cidade, mas já não ia lá faz bastante tempo, o baby disse-me que se alguma vez foi lá era muito pequenito e não se lembrava, então malas no carro e bora lá.

Viana do Castelo é uma cidade integrada na Região Norte de Portugal.

Claro que como era um fim-de-semana tivemos de fazer um roteiro rápido mas que fossemos aos pontos fulcrais.

Em primeiro lugar devem de visitar o Centro Histórico e todos os seus monumentos, nomeadamente a matriz medieval, a Casa da Misericórdia e o Chafariz. As ruas e ruelitas são fantásticas e chamam á atenção pelas suas belas fachadas, pelos painéis de azulejos, e pela sua arquitectura, encontrando-se bastante conservadas.

Em segundo lugar devem de visitar o Monte de Santa Luzia, onde para além da vista panorâmica fantástica que tem, podem ainda ir ao Templo do Sagrado Coração de Jesus.

Em relação ao Templo do Sagrado Coração de Jesus acredite não podem mesmo de deixar de entrar e apreciar uma das arquitecturas que mais gostei.

 

109_3033.JPG

109_3034.JPG

109_3049.JPG

109_3050.JPG

109_3052.JPG

109_3053.JPG

109_3048.JPG

35051906_1860925893970015_6143211046250217472_n.jp

Em segundo lugar devem de visitar o Monte de Santa Luzia, onde para além da vista panorâmica fantástica que tem, podem ainda ir ao Templo do Sagrado Coração de Jesus.

Em relação ao Templo do Sagrado Coração de Jesus acredite não podem mesmo de deixar de entrar e apreciar todo o seu encanto, desde os vitrais, os frescos na cúpula que representam a paixão e a Ascensão de Cristo, os três altares, os dois púlpitos, ambos trabalhados e esculpidos por Emídio Lima e ainda na fachada principal a estátua do Sagrado Coração de Jesus em Bronze.

37320675_1918618918200712_3285029100967690240_n.jp

37372188_1918619008200703_7824024472947523584_n.jp

37379666_1918619058200698_6522361640925528064_n.jp

Entre estes sítios fantásticos tem ainda paisagens e museus para visitar, o qual não tivemos oportunidade para o fazer por falta de tempo, mas digam-me nos comentários se já visitaram algum dos museus de Viana do Castelo.

 

37301778_1918619024867368_7445245122360377344_n.jp

 E não menos importante antes de virem embora vão por favor comer a bola de Berlim do Zé Natário.

 

37344190_1918618041534133_889033018813972480_n.jpg

Um beijinho e até ao próximo post 

 

Fresh days - Bioria

Julho 19, 2018

w-m-mind

109_3154.JPG

Os dias de sol chamam a caminhadas pela natureza, chama a respirar ar puro. Eu sou completamente fã destes dias, e por poder aproveitar a mãe natureza. Aqui na  zona onde vivo , tem diversos percursos que podemos percorrer e que podem encontrar aqui

Normalmente faço o percurso do Rio Antuã, que são cerca de 5,7 km, ou faço o percurso a pé ou de bicicleta. E acreditem faz tão bem à alma, saiu de lá cheia de energia para enfrentar mais uma semana de trabalho (andar pela natureza sem dúvida que é uma óptima terapia contra o stress). 

Para esse tipo de passeios escolho sempre outfits descontraídos, e nesse dia optei por um macacão de calções, com estampado florar (sou uma apaixonada por este tipo de padrões, principalmente na Primavera e Verão). O macacão é da Lefties, mas já vem antiguinho, pois já é para ai da colecção Primavera / Verão de 2015, mas ainda hoje está como novo e acreditem uso e abuso dele (e lembro-me que na altura custou cerca de cinco euros - bela pechincha). 

O batom um dia destes falo dele num post, mas tenho a dizer que é da essence e custou cerca de três euros, e vale bastante a pena .

E vocês que tipo de programas gostam de fazer com o bom tempo ?  

 

109_3143.jpg

109_3147.jpg

109_3148.jpg

Um beijinho e até ao próximo post 

 

 

LOAFERS – A TENDÊNCIA QUE VEIO PARA FICAR

Julho 15, 2018

w-m-mind

Os loafers são nada mais, nada menos, que um modelo de calçado inspirado nas tendências masculinas, sendo bastante idênticos aos mocassim.

Inicialmente quando eles começaram a invadir as lojas, faziam-me lembrar sapatos antiquados, mas tal como se diz “quem desdenha quer comprar” e rapidamente me apaixonei por esta super tendência.

Os modelos mais clássicos dos loafers são os pretos envernizados, mas hoje em dia temos uma enorme panóplia de loafers, de diversas cores, diversos tipos de tecidos, com padrões e até mesmo aplicações das mais clássicas, ás mais excêntricas. 

Este tipo de sapatos vai com tudo, com calças, com calções e com saias, bastante ter um  pouco de criatividade e saber conjugar com as melhores peças.

 Além deste tipo de modelos de loafers, para os dias de mais calor, ou que já não apetece andar de sapato fechado, existem umas versões bem mais frescas, que são os openloafer.

Sou sincera quando vi os primeiros chinelos desta tendência, só me vinha a cabeça, chinelos de quarto, parecia-me que era uma peça que não ia encaixar com nada. Mas tal como já disse anteriormente “quem desdenha quer comprar”, e hoje é uma das tendências que acho bastante elegante até.

 

BeFunky Collage2.jpg

 

 

 1. Zara , 2. Zara 3. Zaful4. Gucci5. Zaful  , 6. H&M7. H&M 

 

Que acham desta tendência? Já aderiram, ou nem por isso?

 

Beijinho e até ao próximo post 

 

 

Garnier Fructis Hair Food de Papaia

Julho 09, 2018

w-m-mind

109_3186.jpg

Hoje trago aqui ao cantinho de sempre uma review de um produto que tenho adorado experimentar. Que não é nada mais, nada menos os novos produtos da Garnier para cabelo, os famosos Hair Food.

Para já experimentei o Haird Food de Papaia, porque me pareceu o mais adequado ao meu cabelo neste momento, até porque agora com o verão os cabelos tem tendência a se estragar mais facilmente se não tivermos os cuidados necessários, principalmente nas pessoas que fazem muita praia, e vão para piscinas (que contêm cloro e acaba por danificar o cabelo).

Este tipo de Hair Food de Papaia é adequado para cabelos estragados, pois com os óleos vegetais e extrato de mamão brasileiro, é ideal para tratar e reparar os cabelos danificados. Restaura e revive os nossos cabelos com um cuidado gentil que renova seu cabelo dando-lhe suavidade e flexibilidade.  

Esta nova linha da Garnier é composta por mascaras capilares com ingredientes naturais, mais concretamente uma fórmula sem silicone, sem parabenos, sem colorantes artificiais, e com 98% de ingredientes naturais. Este é um produto com multiusos, pois pode ser utilizado como amaciador, máscara, ou como creme.

  • Amaciador: Aplicar no cabelo molhado para reparar instantaneamente e desembaraçar sem.
  • Máscara: Aplicar no cabelo molhado, deixar actuar 3 minutos e passar abundantemente por água e o cabelo fica intensamente restaurado.
  • Ou sem passar por água: Em cabelo seco ou molhado, aplicar uma pequena dose nos comprimentos e pontas do cabelo, para reparar as pontas espigadas e os cabelos danificados.

 

109_3187.jpg

A minha opinião / resultados:

  1. Cabelo mais forte e resistente;
  2. Cabelo mais sedoso;
  3. O cheirinho do produto;
  4. Tem uma óptima qualidade/preço (custa cerca de 6,00€ e tem 390 ml)

 

109_3188.JPG

 Estou sem dúvida bastante contente com os resultados deste produto, na maior partes das vezes uso como máscara de cabelo durante o duche, e os resultados são um cabelo bastante mais sedoso, com um cheiro fantástico (mesmo daqueles cheirinhos que faz lembrar o verão), e uma maior facilidade em escovar o cabelo.  

Mas também já cheguei a usar com o cabelo seco, para facilitar a escovagem do mesmo e os resultados foram na mesma positivos.

E vocês já usaram algum dos produtos desta gama da Garnier? Qual a vossa opinião?  

A cesta de verga veio e veio para ficar

Julho 03, 2018

w-m-mind

Malas de verga era sinónimo de praia, eram usadas para carregar toda a tralha que levamos para passar um óptimo dia de sol e de pés na areia. 

Sim era, porque as malas e as cestas de verga vieram, vieram para ficar e nos acompanhar nas próximos estações do ano. 

As cestas de verga fazem-me ainda lembrar dos tempos de infâncias e dos almoços ao ar livre em família, quem não se lembra daquelas cestas de verga que avó tinha lá em casa, e que levava aqueles almoços maravilhosos para as festarolas?

Mas esqueçam lá os almoços ao ar livre, as idas ás praias, ALERTA TENDÊNCIA, as malas e as cestas de verga vieram para ficar, usar e abusar. 

Existem malas de verga para todos os feitios, de todas as cores e  para a diversas ocasiões. Desde malas mais casuais, a malas para se usar numa festa, desde as cestas para a praia, a cestas com aplicações e que nos passam a acompanhar no dia-a-dia, desde a cor original da verga, a uma infinita paleta de cores, desde as mais simples, ás mais elaborados, com aplicações, franjas, alças em corrente, ou até mesmo alças em couro.  

 

BeFunky-collage.jpg

 

 1. Zara; 2.Shein; 3. Shein; 4.Shein; 5. Rosegal; 6.Zara

 

BeFunky Collage.jpg

 

7. Misako, 8. Misako, 9. Vilanova, 10. Misako 

 

Eu já tenho a minha mala de ombro em verga, e que me acompanha em várias ocasiões, desde o dia-a-dia a uma festa. 

A versatilidade deste tipo de acessório é enorme, basta dar asas a imaginação. Usem e abusem! E vocês já usam? 

Um Beijinho 

 

estatisticas gratis

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D