Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

WHERE IS MY MIND

WHERE IS MY MIND

Qua | 30.05.18

Wishlist Maio - dois outfits - ZAFUL

w-m-mind

Duas peças chave, num primeiro outfit umas calças de ganga, num segundo outfit um vestido,  e que são o centro de dois estilos completamente diferentes, e as peças são todas ZAFUL 


A minha primeira opção é um outfit bastante descontraído e para se usar num fim-de-semana, para isso coloquei como peça central uma calças de ganga, mas são umas calças de ganga um pouco diferentes das habituais, pois tem "desenhos" por elas todas, o que acaba por dar um toque bem mais divertido a todo o conjunto. Para completar o outfit nada melhor que uma camisola básica, sendo que neste caso decidi escolher uma tshirt/blusa em tons de amarelo torrado, um must  desta estação, e uns óculos e estamos prontas para aproveitar os momentos ao máximo.  

 

BeFunky-collage (1).jpg

Calças ; BlusaÓculos 

No segundo outfit escolhi como peça chave um vestido, sendo que neste caso optei por um vestido que tem duas das grandes tendências desta estação do ano, os quadrados tipo toalha de pic-nic e os folhos nas mangas, e sejamos sinceros a conjugação deste vestido é sem dúvida perfeita. Para juntar ao outfit nada como uns brincos geométricos em tons castanhos e uns óculos estilo vintage com as astes em vermelho. Este tipo de outfit pode ser usado em diversas ocasiões, tal como para ir a um almoço com as amigas, ir trabalhar, ou mesmo para usar saída a dois. 

BeFunky-collage.jpg

Vestido ; BrincosÓculos

 

Todas as peças destes outfits são da ZAFUL, tal como já tinha dito anteriormente. Que acharam das minhas escolhas? Eram capazes de usar algum destes outfits? 

 

Beijinhos my minds, e até ao próximo post 

 

 

Sab | 26.05.18

Denim está sempre na moda

w-m-mind

Hello my minds. 

Hoje a peça central deste outfit é uma saia de ganga, e sejamos francos a ganga está sempre na moda, é daqueles básicos, dos mais básicos que toda a gente tem e deve ter no guarda-vestidos. A minha comprei-a na C&A, em promoção e ficou super baratinha penso que não passou sequer dos cinco euros (quem não gosta de uma boa pechincha?). Mas qualquer dia deixo-vos aqui a minha wishlist de saias denim :D 

Quem mais adora esta tendência (sempre tendência) da ganga, quer seja em calças, casacos, camisas, calções ou saias? Eu adoro 

Para este outfit de fim-de-semana decidi conjugar a saia da ganga com uma t-shirt de estampa, umas sandálias e uma mochila ás costas e aproveitar ao máximo esses dias da semana!

109_2924.jpg

109_2925.jpg

109_2930.jpg

109_2931.jpg

Saia: C&A; T-shirt: Primark; Sandálias: Primark; Óculos de sol: primark; Mochila: Pull&Bear 

Um beijinho enorme my minds 

 

Qua | 23.05.18

A beleza cabe em todo o lado

w-m-mind

Este post é especialmente dedicado ás mulheres que por minutos que sejam duvidam da sua beleza. 


Porque que este é um tema que me dá imenso gosto em escrever? Porque que escrevo sobre ele? 


Porque também eu com cerca de treze anos, fui muito gozada, humilhada e acabei por me revoltar ao ponto de não querer saber da escola, não me interessar de nada que se passava ao meu lado, reprovar de ano, e o mais grave passar meses em que apenas me alimentava de fruta e água, sem que por sonhos a minha família sequer pensasse no que se poderia passar e mesmo desconfiar, sendo que quando comia a frente deles, às escondidas dava-me ao ponto de deitar tudo fora (mais uma vez sem que eles reparassem), por outras vezes dizia que já tinha almoçado na escola, ou jantado no pavilhão onde praticava andebol, e nunca faltava a um treino, pois na minha cabeça ia emagrecer mais e mais, chegando ao meu ideal.

Isto tudo durou, até quando?  

Até ao ponto em que eu comecei a desmaiar do nada (supostamente do nada), a minha família andou comigo em todo o tipo de médicos, para se tentar perceber o que se passava, tudo lhes passava pela cabeça, todas as doenças e imaginárias, fiz exames médicos, e nunca desconfiavam de nada, nem os próprios médicos, até porque a perda de peso era sempre descartada pelo facto de praticar desporto, e fazer vários treinos semanais e ainda ter jogos ao fim-de-semana.

Até que um dia a minha mãe foi chamada a escola para lhe comunicarem que a funcionária da cantina tinha vindo a reparar que eu a meses que realmente tirava as senhas, ia a cantina, mas apenas comia a peça de fruta que lá tinha.  

Lembro-me que no dia em que fui confrontada com tudo isto, as lágrimas caiam-me enquanto eles falavam comigo, e eu apenas dizia que me queria tratar, mas que não conseguia comer, porque ficava muito mal disposta. No dia seguinte de imediato foi para o médico, comecei com consultas de psicologia, e começaram-me a obrigar a comer aos poucos.  

Comecei a comer aos poucos e correu bem? NÃO! O estômago não aguentava quase nada, mais uma vez mal comia (o pouco que ia comendo) ficava logo mal disposta, demorei meses a voltar a comer normalmente, demorei cerca de dois meses para o meu corpo voltar ao normal depois de todo aquele desgaste, demorei cerca de dois meses até que o meu engordou as primeiras 500 gramas. 

FOI DOS PIORES ERROS QUE POSSA TER COMETIDO, FOI TER PERDIDO MESES DA MINHA VIDA A SOFRER POR ANSIEDADE DE EMAGRECER, DE ME PRIVAR DE SER FELIZ, DE ME PRIVAR DE SER UMA PESSOA NORMAL. 

A beleza cabe em todo o lado, cabe numas calças trinta e quatro, numas calças trinta e seis, numas trinta e oito, numas quarenta, ou quem diz também numas quarenta e quatro, cabe numa camisola tamanho S, ou até mesmo numa camisola XXL. 

O corpo é nosso, e cada uma de nós temos de nos amar tal e qual como somos. Chega de dar ouvidos a sociedade.

Todos nós estamos expostos a sociedade, e ainda muito ás mentes em que um corpo belo tem de ser magro, e por vezes acabamos por nos sentir pressionados em ter de encontrar formas de ter o dito corpo, que se encontra incrementado na sociedade. 

O que mais me deixa preocupada é a sem dúvida por quem por vezes exerce a pressão, sendo algumas das vezes: 

  • Pelos namorados ou maridos, que provocam pressão psicológica para que se perca peso, se frequentem ginásios para a criação daquela imagem "perfeita";
  • Familiares, que acabam por mandar aquelas piadas  (que piada não tem nenhuma);
  • Os amigos ou conhecidos que gostam de comentar, ou até mesmo comparar com outras pessoas.  
  • Na escola, acabando muitas das vezes sofrendo de bullying.

Até quando vai isto durar? Até quando nós mulheres nos vamos sacrificar para agradar os outros sem nos sentirmos felizes. É o nosso corpo que nos vai definir como uma boa pessoa? Como uma esposa? Como uma boa profissional?  

Qualquer mulher com peso acima do "normal" pode ser feliz, pode ser muito feliz. Para isso nunca deixem que alguém vos rebaixe, não permitam que nenhum namorado ou marido vos desvalorize pelo que são, porque sinceramente se isso acontecer, não gostam verdadeiramente de vocês, mas sim apenas da vossa imagem. Não permitam que nenhuma amigo vosso, ou conhecido vos chame a atenção das vossas gordurinhas, nem que aquele familiar que vos gosta de mandar as piadas vos rebaixe.  

O corpo é vosso, amem-se e respeitem-se acima de tudo, o respeito por nós próprias começa com os limites que nos impomos e a tudo o que diz respeito a nós próprias.  

 

32776568_1836925676370037_3166112464542629888_n.jp

 

 

Sab | 19.05.18

Pantalonas ou pantacourt vieram para ficar

w-m-mind

As pantalonas ou pantacourt virem para invadir e ficar nos guarda-vestidos das mulheres. Passaram a ser uma peça tão versátil, que dão para usar do trabalho a uma festa mais formal.

Vieram para ficar !

Estas foram compradas na Pull&Bear nos saldos de Inverno deste ano, e custaram apenas 5.99€, uso e abuso delas, pois são bastante versáteis. 

109_2870.JPG

109_2875.JPG

109_2874.jpg

109_2877.jpg

Pantalonas: Pull&Bear; T-shirt: Primark; Casaco de ganga: Lefties; Sapatos: Primark; Óculos de sol: Primark; Mala: loja local

As pantalonas ou até mesmo as pantacourt são perfeitas para as diversas épocas do ano, desde o Inverno até ao Verão, dada a panóplia deste tipo de calças que se encontra hoje em dia no mercado. Este tipo de peça favorece vários tipos de corpos, sendo que os modelos de cintura alta acabam por favorecer mais a silhueta de uma mulher, pois acaba por a alongar. 

Algumas das dicas para se usar este topo de peças são: 

1 - Usar com tops mais justos (pois acaba por dar um certo equilíbrio entre as peças); 

2 - Apostar em outfits monocromáticos pois acabam por alongar a silhueta e acaba por as mulheres parecerem mais altas;

3 - Para que o outfit fique um pouco mais trendy, fica bem combinar as pantalonas com casacas ou blazers (neste outfit eu decidi colocar uma casaca de ganga, pois era um outfit para usar num passeio de domingo) ;

4 - Pode ainda misturar com tops soltos, pois também com as combinações perfeitas ficam bem. 

 

E vocês já aderiram a esta tendência? Contem me também as vossas opiniões e dicas ! 

 

 

 

 

 

 

 

Qua | 16.05.18

About: destroyed jeans

w-m-mind

About: destroyed jeans

Lembro-me de andar na secundária e já se usar jeans destroyed, aliás lembro-me que as minhas primeiras calças deste género eram da Pull&Bear, e eu usei e abusei delas, mas o problema delas é que eram de cintura descida e depois acabou por ficar de lado.

Mas entretanto, adquiri umas na W52 e de cintura bem subida, todas destroyed e para mim vieram e vieram para ficar. Uso e abuso delas.

É certo que essa moda não combina muito bem para situações mais formais, mas para outfits mais casuais, são um must.

Diga-se que uma look com uma jeans destroyed combina com diversas composições, é muito versátil. Neste outfit combinei as jeans com uma blusa também ela com vários detalhes.

Os outfits com as jeans destroyed podem ser combinados com diversas peças, sendo que para quem gostar de peças mais básicas, basta conjugar umas calças, uma t-shirt básica, e uns ténis ou sandálias e está pronta para arrasar, até porque por vezes menos é mais!

Se ainda não tem uma jeans destroyed, é fácil (aliás muito fácil), basta pegarem numas calças que estejam encostadas lá pelo guarda-vestidos e com um tesoura, ou uma lixa e “destruir” o quanto vocês acharem necessário, podendo exagerar um pouco, não se preocupem com isso que fica bem, aliás cada vez mais é tendência os rasgos maiores nas calças.

USEM E ABUSEM!

109_2848.JPG

109_2849.JPG

109_2854.JPG109_2859.JPG

 Blusa: C&A (podem encontrar ainda no site, aqui); Jeans: W52; Chinelas: Primark  

Sab | 12.05.18

Creme hidratante de Caviar triplo efeito – Cien

w-m-mind

109_2840.JPG

 

Hello my minds, quem tal como eu já espreitou os resultados do TOPBELEZA 2018 (onde os produtos de beleza são testados e aprovados pelos consumidores)?

Pois bem,  o Lidl arrecadou 15, dos 23 prémios atribuídos, com a marca própria Cien.

Eu desde que os produtos de beleza começaram a invadir as lojas LIDL, comecei a experimentar um pouco do que por lá havia. Mas digo-vos tem cerca de dois meses que descobri um creme de cara, que tal como é descrito, cumpre.

O creme de cara é o CREME HIDRATANTE DE CAVIAR TRIPLO EFEITO, que tal como o nome indica tem extractos de caviar.

O creme é descrito, como um creme hidratante triplo efeito: HIDRATA, PROTEGE DOS RAIS UV e PROTEGE DOS RADICAIS LIVRES.

A minha pele facial é considerada mista, tendo zonas onde a pele é oleosa (maioritariamente no nariz, testa e queixo) e nas outras zonas é mais seca.

Já tinha experimentado vários cremes e a verdade é que eles faziam efeito durante 1 / 2 semanas, sendo que depois disso tudo voltava ao normal – PELE MISTA NOVAMENTE.

Já se passaram cerca de dois meses, que uso este creme, e os resultados permanecem os mesmos, sentido mesmo algumas diferenças na pele.

As minhas rotinas com o creme são bastante simples, coloco todos os dias de manhã depois do duche, sendo que a pele aguenta-se o dia todo uniforme, sem que passado umas horas comece com a indesejada oleosidade.

109_2866.jpg

O creme vem é formato de 100 ml e custa 4.99€, tal como podem ver directamente no site do Lidl, se vem que eu apanhei uma óptima promoção e custou-me apenas 2.99€.

Para mim leva uma avaliação final de 10/10.

Quem daqui também já experimentou este creme? Opiniões my minds!

 

109_2842.JPG

 

 

 

Qua | 09.05.18

(Re)começar

w-m-mind

Sobre (re)começar !


Recomeçar não é mau, não é ruim ! Recomeçar por vezes faz-nos tão mas tão bem! Acho que toda a gente na vida já teve recomeços, penso mesmo que é mentira quem disse que nunca os teve. Podemos recomeçar por diversas situações.

(…) desilusões de amor, um novo amor, um nascimento, uma morte, uma nova cidade, uma nova casa, um novo emprego, novas rotinas, casamento, divórcio, (…)

Muita coisa pode levar a recomeços. Não importa onde paramos, o que é fundamental é saber recomeçar!

Where is my mind, já foi uma paixão, mas foi uma paixão que nunca desapareceu !
Where is my mind acabou, por razões muito simples, mudei de emprego, passei a trabalhar quase uma hora de comboio do meu antigo emprego. Passei a ter pouco tempo para me dedicar ao blog, não conseguia dedicar o tempo que pretendia ao meu cantinho. Mas hoje passados dois anos, depois de começar a habituar-me ás rotinas, ter o meu casamento pelo meio deste tempo. Chegou a altura certa , para (RE)COMEÇAR !

 

Não importa onde você parou...
em que momento da vida você cansou...
o que importa é que sempre é possível e necessário “Recomeçar”.
Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo...
é renovar as esperanças na vida e o mais importante...
acreditar em você de novo...
Sofreu muito nesse período? Foi aprendizado.
Chorou muito? Foi limpeza da alma.
Ficou com raiva das pessoas? Foi para perdoá-las um dia.
Tem tanta gente esperando apenas um sorriso seu para “chegar” perto de você.
Recomeçar...
hoje é um bom dia para começar novos desafios.
Onde você que chegar?
Ir alto, sonhe alto...
queira o melhor do melhor...
pensando assim trazemos pra nós aquilo que desejamos...
Se pensarmos pequeno coisas pequenas teremos...
Já se desejarmos fortemente o melhor e principalmente lutarmos pelo melhor, o melhor vai se instalar em nossa vida.

Paulo Roberto Gaefke